Concurso para alunos: em busca da espécie mais estranha à face da Terra Teach article

Traduzido por Maria João Fonseca. Desafie os seus alunos a participar no nosso concurso de escrita – e veja o seu trabalho publicado.

Imagem cortesia de Kalle
Gustafsson; fonte da imagem:
Flickr

Sabemos que a evolução deu origem a algumas adaptações bem bizarras à vida na Terra. Plantas carnívoras, insectos-pau e alguns cogumelos bem fedorentos são apenas alguns dos exemplos mais bem conhecidos. Contudo, animais, plantas e fungos não são os únicos a surpreenderem-nos e a deixarem-nos maravilhados perante a sua diversidade – se te dedicares a fazer algumas observações ao microscópio, também poderás ficar abismado.

Neste concurso, convidamos-te a fazer a tua própria investigação – a investigar a estranha e fascinante vida na Terra e a escolher a espécie que te parece ser a mais estranha.

O que torna essa a espécie mais estranha? Será o seu aspecto? A forma como se alimenta? A forma como se move? O local em que habita? A forma como se reproduz? Será que consegue desempenhar façanhas extraordinárias – mergulhar em profundidade, voar alto, sobreviver em condições extremas? Sabes como consegue fazer estas coisas? Na tua explicação, consegues aplicar aquilo que aprendeste noutras aulas que não de biologia? Que princípios da física está o organismo em questão a explorar? E que reacções químcas estão envolvidas nestes processos?

Um painel de cientistas e editores de ciência irão avaliar as candidaturas submetidas. Se nos conseguires convencer que a tua escolha corresponde realmente ao organismo mais estranho à face da Terra, publicaremos a tua proposta na Science in School. Para cada uma das três propostas vencedoras, um cientista que se encontre a trabalhar com o tipo de organismo em questão, redigirá um breve comentário sobre a mesma.

Regras gerais

  1. Serão aceites candidaturas apresentadas por estudantes de escolas do Ensino Básico e do Ensino Secundário (ou outras instituições com alunos de até 19 anos de idade) de qualquer país da Europa.

  2. Será seleccionado um vencedor para cada categoria, de acordo com a idade do autor à data da apresentação da candidatura: 4 a 10 anos, 11 a 15 anos, e mais de 16 anos.

  3. As candidaturas poderão ser submetidas individualmente ou por grupos de alunos (apenas uma candidatura por pessoa ou por grupo). As candidaturas apresentadas por grupos serão avaliadas em função da categoria definida pelo membro mais velho.

  4. Os participantes deverão explicar por escrito e pelas suas próprias palavras porque é que pensam que o organismo que escolheram é o mais estranho à face da Terra.

  5. Os participantes não se deverão esquecer de incluir o nome científico da espécie (ex.: Homo sapiens ou Lucilia sericata).

  6. Apenas poderão ser seleccionadas espécies reais (actuais ou extintas; animais, plantas, fungos, microorganismos ou vírus). Espécies místicas (ex.: unicórnios) ou organismos individuais (ex.: o polvo Paul) não serão considerados.

  7. Candidaturas escritas à mão não serão consideradas.

  8. Cada candidatura deverá incluir o nome e data de nascimento do(s) aluno(s), a morada da escola e o nome e contactos (endereço de e-mail e morada postal) do professor.

  9. O prazo para submissão de candidaturas termina a 27 de Janeiro de 2017 (00.00 CET).

  10. As candidaturas deverão ser submetidas electronicamente.

Regras adicionais para alunos com mais de 11 anos

  1. Limite máximo de palavras (excluindo referências e informação sobre imagens) 750 palavras.

  2. Todas as candidaturas submetidas deverão ser redigidas em Inglês.

  3. No final do texto, deverão ser listadas todas as fontes de informação consultadas (websites, livros, documentários televisivos, professor, etc.; deverão ser fornecidos detalhes suficientes para que outras pessoas consigam identificar as fontes).

  4. Se pretendido, poderá ser incluída uma imagem ou um vídeo do organismo, para além do texto (opcional).

  1. Caso o candidato pretenda desenhar, fotografar ou filmar o organismo, deverá mencionar explicitamente que se trata do seu próprio trabalho.

  2. Sempre que forem submetidas imagens ou vídeos que não sejam de autoria própria, será necessário especificar exactamente a origem dos mesmos (ex.: endereço de internet ou referência completa, com detalhes suficientes para que outras pessoas os possam identificar).

  3. No caso de se pretender submeter um vídeo, o ficheiro original não deve ser enviado – apenas deverá ser indicado o link para o vídeo online (disponível através do YouTube ou de outro website). A duração dos vídeos não deverá ultrapassar dois minutos.

Regras adicionais para alunos de idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos

  1. Todas as candidaturas deverão ser acompanhadas por uma imagem ilustrativa do organismo seleccionado. Poderão ser utilizadas tintas, lápis, canetas, lápis de cor, massa, feijões, tecidos ou outros materiais para a elaboração da imagem, mas programas de computador como o Photoshop ou outros não poderão ser utilizados. Poderá ser submetida a imagem original ou uma fotografia da mesma.

  2. O número máximo de palavras é de 50.

  3. As candidaturas escritas poderão ser redigidas no idioma oficial da escola que o(s) aluno(s) frequenta(m).

As candidaturas que não respeitarem as regras definidas não serão tidas em consideração, sendo excluídas do concurso.

Download

Download this article as a PDF



License

CC-BY
CC BY